Posted 5 November 2012, 1 year ago | 506 notes | reblog this post
(originally sansadaenerys / via gowilde)

upsettingshorts:

I saved this as a draft with intent to publish only in case of emergency.

There’s pretty much no crisis that can’t be solved with these levels of sexy.

Posted 11 September 2012, 1 year ago | 107 notes | reblog this post
(originally upsettingshorts / via upsettingshorts)

0laura0:

The Beauty Inside. Episode 3: It Has To Be Tonight (video)

Posted 7 September 2012, 1 year ago | 149 notes | reblog this post
(originally 0laura0 / via 0laura0)

sem-hora:

TOMA!

nescaunocabelo:

Reação:

Eterna reação:

Burrice, a gente se vê por aqui

image

Posted 29 August 2012, 2 years ago | 27,312 notes | reblog this post
(originally biscuita / via uma-lhama-assassina)
Posted 29 August 2012, 2 years ago | 433 notes | reblog this post
(originally photos-on-everything / via uma-lhama-assassina)

"Fulano started following you"

sem-hora:

Tumblrs famosos:

Eu:

O estranho momento que você acha que a pessoa te elogiou e depois percebe que ela estava zuando com sua cara:

o-prostituto:


Posted 29 August 2012, 2 years ago | 3,654 notes | reblog this post
(originally biscuita / via uma-lhama-assassina)
Se é pra me amar, me ame de verdade, se é pra viver, que seja juntos, se não for assim, nunca mencione tal frase ‘eu te amo’, pois para algumas pessoas ela pode significar o mundo.
500 dias com ela   (via frasesmalfeitas)
Posted 29 August 2012, 2 years ago | 22,930 notes | reblog this post
(originally ironic-girls / via uma-lhama-assassina)

E a vontade de ouvir a sua voz?

Posted 29 August 2012, 2 years ago | 24,736 notes | reblog this post
(originally n0vembro / via love-my-girlfriend)
A maioria das crianças vem ao mundo com um propósito. Fazer a felicidade dos seus pais, ou até mesmo de seus avôs; nascem com um objetivo de vida. Crescem em um ambiente feliz, futuramente casarão e terão seus próximos filhos, dando sequência a uma estúpida cadeia familiar.
Todas as vezes em que apoio minha cabeça em meu travesseiro, a única coisa que sei me questionar é: Que diabos eu vim fazer nesse mundo. Não seria uma resposta difícil caso eu fosse mais uma das típicas garotas em que planejam esse mesmo modo de vida clichê. Mas veja bem, a última coisa que sou é isso. Quero dizer, clichê. O que definitivamente é uma pena, afinal de contas, acredito que se eu fosse as coisas se tornariam um tanto quanto mais fáceis para mim.
Mas veja bem, não estou reclamando. De forma alguma... Afinal de contas, se tornou uma coisa “legal” ser incomum hoje em dia. É moda ser diferente. Caso você tenha o mesmo conceito de “diferença” que o meu, verá que eu sou exatamente como as outras pessoas. Porém sem nenhum propósito. Sem nenhum atrativo. Apenas mais uma alma aflita no mundo tentando buscar um sentido para sua existência, porque vida, não seria um termo que eu definiria para a entrada e saída de oxigênio de meus pulmões.
we are the nobodies
we wanna be somebodies, when we're dead, they'll know just who we are.
theme por affectingyou; com detalhes de decepcionar, abismopoetico e desesperancoso.